Posted 16 July 2013, 9 months ago | 2,008 notes | reblog this post
(originally prasempre16 / via maravilhanaervilha)
Certo dia, o meu professor de história parou a aula e olhou em minha direção, fazendo a seguinte pergunta: “você tem vontade de casar?” Eu, surpresa - até olhei para os lados pra ver se era mesmo direcionada a mim - então respondi: “sim, tenho professor.” Ele então sorriu e voltou a perguntar: “você tem vontade de casar ou de casar-se?” Eu disse que não tinha entendido muito bem a pergunta desta vez. Qual era a diferença? A ortografia? Ele então explicou-me: se você quer ser feliz, se case; mas, se pretendes fazer quem amas feliz, case-se. Meio confuso, não? Eu sei, o amor também é.
Capitule. 
(via versificar)
Posted 16 July 2013, 9 months ago | 26,423 notes | reblog this post
(originally capitule / via versificar)
Ei, se eu tiver coragem de dizer que eu meio gosto de você, você vai fugir a pé? E se eu falar que você é tudo que eu sempre quis pra ser feliz, você vai pro lado oposto ao que eu estiver? Eu queria tanto que você não fugisse de mim, mas se fosse eu, eu fugia. Ei, vai pegar mal se eu contar que eu imprimi todo o seu mapa astral? Você foge assim que der, quando souber? E se eu falar que eu decorei seu RG só pra se precisar, você vai pra um chalé em Macaé? Eu queria tanto que você não fugisse de mim, mas se fosse eu, eu fugia. Ei, se eu falar que foi por amor que eu invadi o seu computador, você pega um avião? E se eu contar de uma só vez como eu achei sua senha do cartão, você foge pro Japão, esse verão? Eu queria tanto que você não fugisse de mim, mas se fosse eu, eu fugia. Ei, se eu contar como é que eu me senti ao grampear seu celular, você vai numa DP? E se eu mostrar o cianureto que eu comprei pra gente se matar, você manda me prender no amanhecer? Eu queria tanto que você não fugisse de mim, mas se fosse eu, eu fugia.
Clarice Falcão. (via versificar)
Posted 16 July 2013, 9 months ago | 8,318 notes | reblog this post
(originally regou / via versificar)
Fiquei triste o dia inteiro, aí você me procura, inevitável, acabei sorrindo ao ver você falando comigo. Droga, você também não me ajuda. Queria tanto ficar bem sem você, sem falar, sem contato, mas ao mesmo tempo quase morro quando você não me conta como foi seu dia.
Tati Bernardi.   (via intercalado)
Posted 13 July 2013, 9 months ago | 4,825 notes | reblog this post
(originally s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r / via big-damage)
Há lugares dos quais vou me lembrar por toda a minha vida, embora alguns tenham mudado; alguns para sempre, e não para melhor. Alguns já nem existem, outros permanecem. Todos esses lugares tiveram seus momentos com amores e amigos, dos quais ainda posso me lembrar. Alguns já se foram, outros ainda vivem em minha vida. Amei todos eles.
The Beatles.    (via tbmusica)
Posted 13 July 2013, 9 months ago | 40,082 notes | reblog this post
(originally ser-plural / via tbmusica)
Mas acho que a vida é isso mesmo, um dia é bom e o outro é uma porcaria. Não dá pra ser feliz o tempo todo.
Clarissa Corrêa.   (via tbmusica)
Posted 13 July 2013, 9 months ago | 18,632 notes | reblog this post
(originally recomendar / via tbmusica)

“Mulheres gostam de caras que as façam rir, mas que também as façam se sentir seguras. Ou seja, palhaços ninjas.”

Posted 10 July 2013, 9 months ago | 23,917 notes | reblog this post
(originally iam-ted / via maravilhanaervilha)
Um relacionamento deve ser construído com verdade. A verdade, nua e sem retoques, nem sempre é bonita. Tem o lado ruim, tem a briga, tem a discussão, tem aqueles dias em que parece que vocês estão completamente fora de sintonia. Tem vezes, inclusive, que a gente se pergunta o-que-tô-fazendo-com-essa-anta? Tem tudo isso. Tem a raiva, tem a irritação, tem tudo. A verdade é que existe um lado feio do amor.
Clarissa Corrêa. (via versificar)
Posted 10 July 2013, 9 months ago | 1,376 notes | reblog this post
(originally p-r-o-s-a-s / via versificar)
Minha mãe costumava me dizer: “Não importa com quem você se case, desde que ele a ame mais do que você o ama.”
Nicholas Sparks  (via millenaires)
Posted 10 July 2013, 9 months ago | 59,228 notes | reblog this post
(originally allaxg / via unbekannten)
1 2 3 4 5 »
É curioso como não sei dizer quem sou. Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer. Sobretudo tenho medo de dizer porque no momento em que tento falar não só não exprimo o que sinto como o que sinto se transforma lentamente no que eu digo.(Clarice Lispector)


All I need

C r é d i t o s


Theme por late-to-write . Detalhes de originais de m-a-r-e-s-i-a e the-dreamgirl.
Não retire os créditos, tome vergonha na cara.